15/03/2011

duas estranhas babysitters...

5 comentários:

Lis disse...

E muitos nao fariam melhor.rs
e como são inquietos esses "babys" ...
muito bom

abraço

JPD disse...

O cão, pensa:
«Até era capaz de atacar o gato. Mas, em que altura se os pintos não o largam. Não quero impressionar a passarada.»

O gato, pensa:
Eu, num segundo, era capaz de fazer um arranhão naquele focinho horrendo de um cão inimaginável, comer um pinto e, para espanto de todos, soprar para o sujeito que fez este video.

Um pinto, para os restantes:
Enquanto eles se mantiverem assim, não saiam de cena. O dono é incapaz de travar uma contenda entre o cão e o gato. Eles matar-se-ão e ainda seremos fritos.

O dono:
Foi fácil juntá.los.
Agora por que ordem hei-de separá-los.

Solução anónima:
Desligar o clip.

Bjs

Lilá(s) disse...

Bem curioso! a animais sempre nos surpreendem.
Bjs

Ana Paula Sena disse...

Há Dias... o blogue está com uma imagem lindíssima!

:)) Deixo-te um grande beijinho.

Justine disse...

Encantador! Quase comovente! Por que carga de água os homens não conseguem dar-se assim, com esta tolerância?