23/10/2011

Cântico negro

Lembrei-me deste poema, porque estamos todos a ir por onde o governos nos quer mandar... para o abismo!?
José Régio

"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...
A minha glória é esta:
Criar desumanidades!
Não acompanhar ninguém.
— Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "vem por aqui!"?

Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...
Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou,
É uma onda que se alevantou,
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!

José Régio
, pseudônimo literário de José Maria dos Reis Pereira, nasceu em Vila do Conde em 1901. Licenciado em Letras em Coimbra, ensinou durante mais de 30 anos no Liceu de Portalegre. Foi um dos fundadores da revista "Presença", e o seu principal animador. Romancista, dramaturgo, ensaísta e crítico, foi, no entanto, como poeta. que primeiramente se impôs e a mais larga audiência depois atingiu. Com o livro de estréia — "Poemas de Deus e do Diabo" (1925) — apresentou quase todo o elenco dos temas que viria a desenvolver nas obras posteriores: os conflitos entre Deus e o Homem, o espírito e a carne, o indivíduo e a sociedade, a consciência da frustração de todo o amor humano, o orgulhoso recurso à solidão, a problemática da sinceridade e do logro perante os outros e perante a si mesmos.

21 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Eu também não quero ir por aí...para o abismo! :-((

Abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu também não quero ir, mas não sei se terei onde me agarrar...

trepadeira disse...

Este excelente poema custou-me,em 65 na tropa,3 dias de detenção.

Ainda hoje me rio ao lembrar as caras de parvos de alguns "oficiais ditos superiores",quando comecei a tentar declamá-lo.

Um abraço,
mário

Fê-blue bird disse...

Um dos meus poemas preferidos, para mim é quase uma doutrina.
Porque eu também só sei, que não vou por aí!

beijinhos

JPD disse...

Olá

O que há imensos anos anda a ser dito sobre Portugal, os portugueses e os governos que se sucedem, as elites, é que parece impossível criar um desígnio que nos mobilize.

A religião retrocede;
A coesão social enfraquece;
A desigualdade social e aumenta.

Os tempos apresentam-se difíceis.

Bjs

Lilá(s) disse...

Também gosto imenso desse poema e uma coisa eu tenho a certeza, não quero ir por aí...tudo farei para o evitar.
Bjs

Justine disse...

Ninguém quer ir por aí - mas teremos força para o evitar??

lis disse...

Um poema que sensibiliza como um hino da Pátria.
Esse já conhecia e gosto de reler sempre,
abraços de boa noite
que possamos dizer "sei que nao vou por aí..."

MJ FALCÃO disse...

Tão verdadeiro e tão importante o que Régio diz!
obrigada por o lembrar, é um dos meus poetas mais queridos...
M.J.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

E o pior é ver
que este abismo
não é apenas em um lugar,
mais em vários.

Ficamos até descrentes
da ética,
dos valores,
da esperança...

Viver é se fazer eterno
para o coração de alguém.

zeparafuso disse...

Este comentário serve só para desejar...festas felizes ( dentro do possivel)
"Que o Natal seja mais um momento em que as pessoas acreditem que vale a pena viver um Novo Ano."

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá

Hoje minha visita é para agradecer
o presente que é para mim
a sua amizade,
e também desejar
um maravilhoso Natal,
onde possas encontrar nestes dias
ainda mais inspiração
para a alegria de ser feliz,
e para o milagre de fazer
quem passa por tua vida feliz.

Que o teu olhar seja a mais perfeita
luz do Natal a enfeitar o mundo.

Lilá(s) disse...

Um Feliz Natal
perfumado de amor
paz e saúde!
¸/\ღ/\¸
(=•_•=) Feliz Natal
.*•.¸.•*
ღ♥*♥ღ.•*¨) ҉ ˛**. ˛*.。˛. *☆҉

Beijinhos

Pastelaria disse...

Um presente de Natal ou de Ano Novo... como quiserem !

A Pastelaria Studios Editora desenvolve , já há alguns meses, um trabalho que mistura poemas e textos com música original e fotos de autor .
A aceitação pela parte do público que nos visita ... tem sido excelente ! Pois no período de seis meses já temos cerca de
9000 visualizações, no nosso canal do Youtube

Cá vai a nossa proposta :

Até dia 1 de Janeiro de 2012 , sintam- se confortáveis , inspirem-se e escrevam !
Escrevam um texto , um poema , uma crónica ...o que lhes sair da alma .

Iremos escolher ( escolha difícil!!) , as três obras mais originais.

Como prémio realizaremos um Video para 3 trabalhos eleitos .

No início do ano , iremos organizar uma Antologia , com os textos, poemas e crónicas que nos chegarem ... e que sejam qualificados para edição.... acreditamos na vossa qualidade !!

Transformamos as vossas obras em sonhos acordados !

envio das obras , por e mail ao cuidado de - Teresa Maria Queiroz
pastelariaestudios@gmail.com

Boas escritas ...inspiradas!!

As obras serão divulgadas , à medida que forem chegando, na página do Facebook da Pastelaria Studios Editora

https://www.facebook.com/pages/Pastelaria-Studios/131097843655617

abraços
Teresa Queiroz

JPD disse...

Feliz Natal

Bjs

zeparafuso disse...

Então!? A tua escrita? Parou? Vooollltttaaaa!!!!! Não acabes. Vale sempre a pena ler-te. Espero que não seja por problemas de saúde. Se não for a saúde o motivo...volta.
Bjinho

lis disse...

Saudade de ti
Volta , te espero.
abraço

Fê-blue bird disse...

O que se passa?
Tenho saudades suas!
Espero e desejo que esteja bem!
beijinhos

Lilá(s) disse...

‎.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•★♥ Hoje venho desejar saúde, paz, amor e muita alegria... FELIZ NATAL!

Beijinhos

Margarida Rodrigues disse...

Aprecio muito o seu blog. Todos os dias tenho visitado o mesmo e delicio-me com os seus posts. Espero que continue com o bom trabalho.

Cumprimentos

Margarida Fonseca Dias

www.europeanemaildatabases.com

Pedrasnuas disse...

Não rente à actual conjuntura ! Bom ano!

PN