30/04/2011

"A gente assim lixa-o"...

Subia para o barco quando ouvi a frase "A gente assim lixa-o". Era um senhor ao telemóvel. Não sei o contexto mas sei que a frase ecoou em mim ao longo dia. Uma frase que soa, quanto a mim,  ao pior que o ser humano tem dentro de si.
Quem seria a vítima? um colega, um amigo? seria realmente vítima?
De que massa  somos nós feitos, ou alguns de nós - para sentirmos satisfação perante tal afirmação "a gente assim lixa-o...". Claro que é apenas uma frase fora de contexto, mas assustou-me.
Quiçá por trás desta frase até pode haver justiça, porém, dita assim e escutada de uma forma isolada pelos meus ouvidos, descodificada pelo meu cérebro desencadeou uma série de pensamentos sobre os sentimentos.
Todos querem vencer, todos querem marcar "pontos", ficar por cima...
Deixamos de ensinar valores básicos e essenciais para a estrutura de cada um, enquanto humanos. Muitas culturas, desde cedo, ensinam às suas crianças a conviver com a morte. Sim, somos mortais!
À escala do planeta, 80 ou 90 anos de vida não representa nada; para nós é uma vida. Porque não torná-la mais digna, começando por nos tornar mais dignos em termos de sentimentos e atitudes.
"A gente assim lixa-o..." é uma frase forte, como um presságio. Hitler terá dito, sobre os judeus, "vamos exterminá-los?"; era megalómanos, sobre algum amigo terá dito "vou lixá-lo?."
Estou a ler "Tudo o que eu tenho trago comigo"; talvez o sr do barco o devesse ler, todos o devíamos ler para que não esqueçamos que, quando o universo quer, frases como "a gente assim lixa-o" podem perder o significado ou não ter qualquer peso.
O lado do vencedor e o lado do vencido, do lixado e do lixador são tão díspares...Nada com o nos colocarmos sempre no outro lado.

11 comentários:

Eva Gonçalves disse...

Ora o Sr obviamente, era carpinteiro nas horas de lazer, tendo recebido o telefonema do seu filho, que lhe pediu ajuda num projecto escolar, tendo já pronto o pedaço de madeira cortada e presa... pronta a ser lixada!! :) Eu sei que o tema é sério, mas não resisti porque muito do que ouvimos dos outros pode corresponder a algo totalmente diferente do que imaginamos originalmente :) Quanto ao tema propriamente dito, a natureza humana ainda tem muito de predadora nos genes... só posso concluir que seja isso...Essa capacidade de empatia que sugeres, é de facto, a solução para tudo, desde a prevenção da guerra, à distribuição de riqueza global...pena que seja tão pouco cultivada. Lembrei-me agora:podia ser disciplina obrigatória na escola, não era?? :)) beijinho

Lis disse...

Se todos soubessem que palavras tem força e permanece energizando os que ouvem teriam mas cuidado ao pronunciá-las.
Muitos usam termos como a da frase apenas por deboche ou simples brincadeira, tipo - " vou matá-lo!"
Dependendo da entonação de voz podemos nos assustar , ou apenas sorrir pela enormidade bobagem.
As palavras - como gosto delas! se ditas de forma bonita nos enleva ,se ditas irreponsavelmente nos irrita.
E tem as que nos maltrata ou as que enamoramos delas.
Esse termo "lixar " , nao é usado aqui como nenhuma maldade porisso talvez a mim o sentido tivesse sido nulo , mas entendi o sentido pra voce.
E concordo , os sentimentos desencadeados podem ser vários.
"Td que eu tenho trago comigo"a autora é Herta Muller? ou Jorge Palma?
deixo abraços e saudades

Lis disse...

Ah esqueci de dizer que hoje comemoro dois anos de flor de lis,
agradeço sua companhia e atenção .
que outros venham e nos aproxime com palavras e amizade.
beijinhos

Isa GT disse...

Mas que, a todos os níveis, este Mundo está cada vez mais lixado... até está ;)))

Bjos

Rosa dos Ventos disse...

É a vida que é lixada ou nos lixa mesmo! :-((

Abraço

Há.dias.assim disse...

Eva,
Não pretendi fazer juízos de valor, até porque a frase foi assim no meio do anda... vai daí estavam mesmo a falar em lixar o barco :)

Há.dias.assim disse...

Lis,
a palavra é poderosa!

Há.dias.assim disse...

Isa,
se está, se está...

Há.dias.assim disse...

Rosa-dos-ventos,
ambas,acho...

Lilá(s) disse...

É a força das palavras, e que tanto efeito têm....
Bjs

Cristina Torrão disse...

Alguém me disse, aqui há tempos, que usamos de muita violência, quando falamos uns com os outros. As nossas conversas são um medir de forças, quem lixa quem, quem é mais forte do que quem, quem fica por cima, etc., etc.

Parabéns pelo texto, concordo inteiramente :)