09/05/2010

Um domingo como outro qualquer...

Julien Dupré, 00004461-Z
Julien Dupré
Se não fosse a chuva...
Este era o fim-de-semana que ambos tínhamos mais livre depois do intenso mês de Abril e do Junho que  se avizinha ainda mais exigente.
Planeámos, planeámos mas a meteorologia levou  a melhor. O cinema não oferece nada de novo, sem grandes discussões, decidimos ficar. Enquanto tento fazer o IRS ele arquiva papeis. Ouvimos Rusalka, escolhemos um bom vinho e sorrimos  - mesmo passados tantos anos o sorriso do Luís continua  a encantar-me -  os gatos de vez em quando abrem o olho,  meio a contragosto porque o tempo é de moleza e nada de grandes actividades.
-O que queres almoçar? perguntei pela manhã?
 - O que te apetecer...respondeu-me
- Está um dia "açordível", não achas?
Almoçamos tarde uma açorda de alho, bem alentejana.
Há tanto tempo que não tínhamos um fim-de-semana tão relaxante e tão simples, olhamos, sorrimos e sem dizer palavra continuamos, porque  a vida também é feita de momentos assim...

4 comentários:

Lilá(s) disse...

E como são importantes esses momentos...
Bjs

JPD disse...

Um dia cool.
Óptimo!

Keep it simple and smile!

Bjs

Ana Paula Sena disse...

São estes domingos assim que ficam para sempre na memória!

Beijinho grande :) e que a semana decorra também assim feliz e suave...

Rosa dos Ventos disse...

Pois é!
Eu passei o domingo a sós com as gatas!
Ele foi almoçar com amigos, eu não quis ir, o cinzento do dia não convidava a saídas.
Às vezes apetece ficar assim...

Abraço