11/07/2010

Sonho de uma noite de Verão

Ontem foi dia de Festival ao Largo, no Largo de S. Carlos.
"Sonho de uma noite de Verão", encheu o largo e as ruas adjacentes. Esta é uma iniciativa nossa, é grátis, é bela, é para todos e é tão esplendorosa!
É verdade que ontem tivemos o azar de apanhar um casal verdadeiramente portuga (em sentido depreciativo, entenda-se, porque embora estivessem muitos estrangeiros, os portugueses desfrutavam a dádiva cultural).
Quando cheguei faltava uma hora para o espectáculo começar mas o espaço estava "apinhado" lá fiquei onde era possível. Foi chegando cada vez mais gente: uns atónitos sem saber o que era aquilo, outros esperando encontrar lugar para ficar. Foi de todos os espectáculos que assisti, este e o ano anterior, o que tinha mais gente.
A determinada altura, um casal novo com dois filhos a rondar os 12 e 8 anos empurrava as crianças (e a todos nós, é claro) e gritava bem alto: Vá cheguem-se para a frente, cheguem-se para a frente..." e lá se foi fazendo espaço para as crianças e para os pais que aproveitaram a aberta  e se  "estatelaram" mesmo ali, ignorando o povo. A música era bela e chegava ao coração, por isso todos ignorámos o gesto de "chico espertice". Porém, este estado de indiferença foi sol de pouca dura. É  que as crianças não queriam ouvir a música, nem tão pouco estar ali e entre o refilar das crianças e o refilar dos pais estávamos todos a sentirmo-nos mal, não fora ser noite de sonho e..
Sonho de uma noite de Verão, ofereceu-nos o seguinte programa:
Georges Bizet (1838-1875)
Carmen, Suite n.º 1
Joaquín Rodrigo (1901-1999)
Concierto de Aranjuez, para guitarra e orquestra
Joseph Haydn (1732-1809)
"The Creation" No.10 Stimmt an die Saiten (Awake the harp)
Manuel de Falla (1876-1946)
Siete canciones populares españolas
Edward Elgar (1857-1934)
Spanish Serenade, op. 23
Edward Elgar (1857-1934)
Pomp and Circumstance, marcha n.º 1 em Ré Maior
Jules Massenet (1842-1912)
"Thaïs": Méditation, para violino e orquestra
George Gershwin (1898-1937)
"Porgy and Bess": Summertime
"Porgy and Bess"- Bess, you is my woman now
"Porgy and Bess"- I got plenty o´ nuttin´
Maurice Ravel (1875-1937)
Bolero
INTÉRPRETES
ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA
CORO DO TEATRO DE SÃO CARLOS
Soprano: Chelsey Schill
Meio-Soprano: Luisa Francesconi
Barítono: Diogo Oliveira
Violino: Evelyne Alliaume
Guitarra: Júlio Guerreiro
Maestro do Coro TNSC: Kosta Popovic
Direcção Musical: Julia Jones

5 comentários:

MagyMay disse...

Não me calhou o casal e os dois infantes mas fiquei em pé à porta daquele gabinete de advogados e entre as 21.30h e as 22h foi um abre porta fecha porta para entrar a "nata".... muito carolina herrera eu cheirei!

Excelente o espetáculo, a orquestra, os solistas, a maestrina

trepadeira disse...

Olá.

Tiveram sorte.A mim tocam-me babuzeiras,digo,vuvuzelas.
Que pena tenho estar cá longe.Vale o TMG e a excelente programação.
Adoro o Joaquín.
mário

Rosa dos Ventos disse...

Eu estive lá na noite de Mozart!
Uma noite maravilhosa pela temperatura, pela música e pelo canto.
Sei por uma cunhada que me acompanhou nessa noite que ontem foi de novo um espectáculo maravilhoso!
Uma bela iniciativa esta...
Se calhar ainda lá volto!
Com que então uma história de amor com Vinicius pelo meio?! :-))

Abraço

papoila disse...

Ainda nunca fui a uma dessas noiTes do S. Carlos, mas tenho ouvido dizer maravilhas e este ano quero ver se consigo ir.
Nestes espectáculos há sempre a possibilidade de encontrarmos gente menos agradável, o que é uma pena!
xx

Lilá(s) disse...

É sem duvida de louvar estas iniciativas, eu estive lá no dia do Mozart, tive sorte não houve "cenas" e foi uma noite de sonho.
BJs