26/10/2010

Cine Eco


Como já devem ter reparado tenho estado ausente. Andei pelo Cine Eco em Seia.
Aproveitei e subi à Serra da Estrela, a paisagem queimada parte o coração, mas lá de cima  a vista continua a ser deslumbrante.
À conta do queijo tenho uns quilos  mais...



imagem daqui
Júri Internacional
GRANDE PRÉMIO CINE’ECO 2010
“Rumo à Eternidade” de Michael Madsen (Dinamarca, Suécia e Itália)
PRÉMIO ESPECIAL DO JURÍ
“Um Grau Faz a Diferença”, de Eskil Hardt (Dinamarca)
PRÉMIO EDUCAÇÃO AMBIENTAL
“Chaparri, Os Sete Ursos da Montanha Sagrada”, de Granger-Charles-Dominique e 
André Charles-Dominique (França)
PRÉMIO ÁGUA
“Vida à Venda”, de Yorgos Avgeropoulos (Grécia)
PRÉMIO VALORIZAÇÃO DE RESÍDUOS
“Efeito Reciclagem” – Sean Walsh (Brasil)
PRÉMIO VIDA NATURAL
“Xingu, A terra Ameaçada”, de Washington Novaes (Brasil)
PRÉMIO ANTROPOLOGIA AMBIENTAL
“As Horas do Douro”, de António Barreto e Joana Pontes (Portugal)
PRÉMIO POLIS
“Reidy, a Construção da Utopia”, de Ana Maria Magalhães (Brasil)
PRÉMIO CAMACHO COSTA
“Recife Frio” – de Kleber Mendonça Filho (Brasil)
MENÇÕES HONROSAS
“Viva a Crise”, de Alexei Gubenco (Roménia)
“Heavy Metal”, de Huanqing (China)
“Lugar Sem Pessoas”, de Andreas Apostolis (Grécia)
Júri da Lusofonia
PRÉMIO DA LUSOFONIA
“Efeito Reciclagem” de Sean Walsh, (Brasil)
MENÇÕES HONROSAS
“Vela ao Cruxificado”, de Frederico da Cruz Machado (Brasil)
“Verde às Cinzas”, do colectivo de crianças da escola EB 2,3 do Sardoal (Portugal)
“Horas do Douro”, de António Barreto e Joana Pontes (Portugal)
“Diga 33”, de Ângelo Lima (Brasil)
PRÉMIO ETNOGRAFIA
“Pelos Trilhos do Andarilho”, de Rodrigo Lacerda (Portugal)
Júri da JuventudePRÉMIO JUVENTUDE
“Rumo à Eternidade” de Michael Madsen (Dinamarca, Suécia e Itália)
MENÇÕES HONROSAS
“Chaparri, Os Sete Ursos da Montanha Sagrada”, de Granger-Charles-Dominique e André Charles-Dominique (França)
“Vida à Venda”, de Yorgos Avgeropoulos (Grécia)
“Pelos Trilhos do Andarilho”, de Rodrigo Lacerda (Portugal)
Júri das Extensões
PRÉMIO DAS EXTENSÕES
“As Horas do Douro”, de António Barreto e Joana Pontes (Portugal)
MENÇÕES HONROSAS
“Semeador Urbano”, de Cardes Amâncio (Brasil)
“Breu”, de Jerónimo Rocha (Portugal)
“Sonho de Humanidade”, de Amarildo Pessoa (Brasil)
para mais informações visite: http://www.cineeco.org/

7 comentários:

lis disse...

Oi querida
Senti muita falta de voce, estive aqui algumas vezes procurando atualização rsrs vejo que gostas muito de cinema e isso é uma programaçao especial.
Eu também adoro.
E a regiao onde aconteceu o evento imagino e já ouço falar a respeito a Serra da Estrela / em Seia , nao?
paisagem bem maltratada pelas queimadas irresponsáveis mas que certamente reagirá.
nao se preocupe se demorar aparecer , só nao vale desistir da gente, ok?
fique bem , abraços

Rafeiro Perfumado disse...

Se comeste aquilo tudo não voltarás ao normal antes de Setembro, de 2012!

Justine disse...

"Invejinhas" por essa tua estadia serrana, com tudo o que sempre tem de belo e de bom...
(os kg perdem-se depressa:))))

trepadeira disse...

Quanto aos quilos não há problema,já aí vem o orçamento para os levar.
Serra,serra,agora mesmo tenho um incêndio aqui à porta.
Então não é,mesmo com o tempo tão seco,deixam fazer queimadas.
Se já podemos fazer queimadas porque não no terreiro do paço?
Um abraço,
mário

Multiolhares disse...

queijinho gostoso que o colesterol tanto gosta
beijinhos

JPD disse...

Gosto muito da Serra da Estrela;
Adoro o Serra (Queijo)
Acho imensa piada à estética de Botero.
Bjs

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pelo segundo ano consecutivo não pude lá estar.
Agradeço esta sua informação utilíssima, pelo menso em termos pessoais.